Alvaro Dias abre mão da candidatura à presidência do Senado para fortalecer grupo anti-Renan

0
107

Na sessão plenária deste sábado (2/2), o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) retirou a sua candidatura à Presidência do Senado. Ele defendeu a chamada nova política. “Estou renunciando agora para atender a uma aspiração nacional. A renúncia não é fácil. Não é um ato de covardia. Neste momento, é um ato de desprendimento”, anunciou o senador.

Alvaro Dias explicou que a decisão foi tomada para que a pulverização de candidaturas não acabasse beneficiando a eleição de Renan Calheiros (MDB-AL) para o comando do Senado.

“A população brasileira, Renan, não, não quer o senhor na Presidência no Senado”, disse Alvaro Dias a Renan Calheiros.

O senador falou ainda que a população brasileira mostrou nas urnas que quer renovação na política: “Aqueles que pensam que a velha política foi varrida pelas urnas, se equivocam. A luta continua”.