Pacote anticrime

Na entrevista desta segunda(3/2), o Líder do Podemos, senador Alvaro Dias, declarou total apoio ao pacote anticrime anunciado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro

Foi ou não fraude?

Em entrevista coletiva, agora há pouco, o líder do Podemos, senador Alvaro Dias defendeu uma investigação rigorosa do Senado sobre a suposta fraude durante a eleição para a presidência do Senado, quando foram registrados 82 votos na urna.

Os meus agradecimentos

Agradeço a confiança de milhares de brasileiros que manifestaram apoio à candidatura e à decisão de renunciar à candidatura para evitar a continuidade e a perpetuação da velha política no Senado Federal. Mensagens como a do amigo José Maria, que emocionam e motivam.

“Assisti as duas sessões do Senado na íntegra. Bem, como sou antigo já sabia que a Presidência dos parlamentos sempre cabe a alguém negocista no estilo Cunha,Renan , Jucá etc. Sempre os piores e mais hábeis no comércio de votos, é uma regra geral. Vc não foi eleito pelas suas qualidades e virtudes morais e éticas. Seu discurso foi uma das mais belas peças de oratória da história do Senado, e olhe que já ouvi centenas. Perfeito em todos os aspectos, conteúdo, dicção, postura e retórica. Raro presenciar algo desse nível. E como ponto alto as frases para Renan- “ a população brasileira não o quer no Senado” , forte, com muita personalidade e coragem. Pena não ter tido esses espaços na campanha, mas às vezes como dizia o Darcy Ribeiro, nossas derrotas são nossas vitórias e não gostaríamos de ser como os que venceram.
Foi um gesto memorável que merece publicação e ampla divulgação. Grande abraço do amigo José Maria.

Entrevista à Globo News

Em entrevista à GloboNews nesta quarta-feira(30), o senador Alvaro Dias falou sobre a movimentação dos partidos para a eleição do novo presidente do Senado, e sobre a sua candidatura – uma alternativa ao monopólio do PMDB que, há décadas, vem presidindo a Casa.

Câmara vai votar fim do foro privilegiado

A proposta do senador Alvaro Dias que acaba com o foro privilegiado para autoridades será votada na próxima terça-feira (4/12), na Comissão Especial da Câmara, que é presidida pelo deputado Diego Garcia (Podemos/PR). O senador destaca que é fundamental os deputados não alterarem a proposta para garantir o fim do foro, o mais rápido possível.