Em entrevista coletiva, agora há pouco, o líder do Podemos, senador Alvaro Dias defendeu uma investigação rigorosa do Senado sobre a suposta fraude durante a eleição para a presidência do Senado, quando foram registrados 82 votos na urna.