Protesto pela demora do TCU em realizar julgamento das pedaladas e dar explicações ao Congresso

0
149

O senador Alvaro Dias protestou, na sessão da Comissão de Assuntos Econômicos desta terça-feira (18), contra a demora no comparecimento do presidente do TCU, Augusto Nardes, ao colegiado, para prestar esclarecimentos a respeito das chamadas “pedaladas fiscais” do governo Dilma. Para Alvaro Dias, não há justificativa na demora do atendimento a um convite que foi formulado no semestre passado, ainda mais depois que, nas manifestações realizadas em dezenas de cidades brasileiras, milhares de pessoas pediram o impeachment da presidente da República com base nas irregularidades cometidas com as “pedaladas”.

“Vimos milhares de pessoas nas ruas neste domingo, e um dos temas propostos pela população foi o impeachment da presidente, com base nas pedaladas, portanto não há justificativa para protelarmos essa audiência, e também não há justificativa para a protelação do julgamento no TCU. Essa demora no julgamento fica sob suspeição. O TCU é um órgão auxiliar do Congresso, e ao adiar tanto o julgamento como o comparecimento em uma comissão do Senado, acaba por desdenhar desta Casa. O TCU não pode abdicar de uma função essencial que é a da fiscalização, e estamos aqui abdicando dessa função e sendo condescendentes demais diante dos atos no Executivo, autorizando o TCU a adotar um expediente protelatório, dando mais tempo para que a presidente apresente justificativas em relação às pedaladas. Temos que ter maior rigor e exigir que o Congresso seja respeitado”, afirmou o senador Alvaro Dias.